Alcaçuz

Sinônimos

Alcaçuz-glabro, Glicirriza, Madeira-doce, Raiz-doce, Yashti, Licorice root (inglês), Mudhu (sânscrito) e Gan Cao (chinês).

Foi uma das plantas encontradas junto à múmia do faraó egípcio Tutankhamon.

Usos tradicionais

Expectorante, demulcente, antiespasmódica, antiinflamatória, laxativa, antihistamínica, regulador hormonal, antioxidante, antitussígeno, antibacteriano, antifúngico, antitumoral e antiviral.

Propriedades medicinais

Antibacteriano, antiinflamatório, antiespasmódico, antitumoral, antitussígeno, antivirótico, emético, emoliente, expectorante, laxante, nutritivo, rejuvenescedor.

O Alcaçuz é um laxante moderado e ajuda na indigestão ácida. Nutre as glândulas supra-renais e diminui o muco, sendo utilizado em xaropes para tosse. Também é usado na indústria alimentícia para melhorar o sabor de outras ervas em preparados muito amargos, como por exemplo gomas de mascar, tabaco, bebidas e pastas de dente.

Na culinária, pode ser utilizado em bolos, doces, sorvetes, cervejas e vinhos. A planta é um adoçante que pode ser consumido seguramente pela maioria dos diabéticos, contanto que nenhum outro adoçante seja acrescentado.

Pessoas com taquicardia ou usuários de medicamentos à base de digoxina devem evitar o alcaçuz. O uso prolongado ou excessivo pode elevar a pressão sanguínea.

Doses altas podem causar retenção de sódio e diminuição de potássio. Não deve ser usado durante a gravidez.

Pesquisas realizadas a partir de 1999 (Craig-1999 , Wang-2001) mostraram que o alcaçuz é uma das plantas mais promissoras com atividade anticâncer, pois aumenta a velocidade da morte celular programada (Apoptose) e inibe a proliferação celular neoplásica.

O Instituto Nacional do Câncer nos Estados Unidos realizou estudos onde comprovou-se a ação anti tumoral do extrato da raiz do alcaçuz nos seguintes tipos de câncer humanos: próstata, mama, leucemia, colon, gástrico, endometrial, hepático, pulmonar, epidérmico e renal.ki-2002).

Extratos disponíveis na farmácia: extrato seco e pó (cápsulas) e tintura-mãe (líquidos).

A dose diária varia para cada paciente, devendo ser individualizada através de uma consulta médica.